DICAS E CONSELHOS

Esta página contém dicas de criação úteis que, muitas vezes, não se encontram em livros. São frutos de experiências pessoais ou adaptações delas. São de domínio público e estão aqui para você utilizá-las e divulgá-las sempre que quiser.

DICAS SOBRE CÃES

 

VACINAÇÃO

Os cães são os melhores companheiros nos nossos dias de bom e de mau humor; são os seres que mais nos entendem, pois quando estamos tristes eles ficam ao nosso lado nos apoiando sem pedir nada em troca; são carinhosos e amigos.

Quando chegamos em casa cansados, eles nos recepcionam com alegria balançando o rabinho, latindo de alegria, loucos pra que nos aproximemos e demonstremos o carinho que sentimos por eles.

A maneira de retribuirmos esse carinho e dedicação é observando se eles estão sadios, alimentando-os corretamente, dando banhos semanalmente, deixando suas vacinas em dia para evitar que doenças acometam nosso amigo e procurarmos um veterinário a qualquer sintoma que indique mudança de comportamento, pois quanto antes for diagnosticado o problema , mais chance de êxito no tratamento.

A vacinação é a melhor maneira de você proteger seu bichinho de doenças que se acometidas podem levá-los a morte.

O esquema de vacinação para cães se resume em três doses da vacina óctupla (contra hepatite, parvovirose, cinomose, leptospirose com duas cepas, coronavirose, parainfluenza e laringotraqueíte) a partir dos 45 dias de vida com intervalo de uma para outra de 30 dias, com reforço anual. A vacina antirrábica deve ser dada a partir dos 4 meses de vida com reforço anual.

O esquema de vacinação para gatos se resume em três doses da tríplice (contra calicivirose, rinotraqueíte e panleucopenia) a partir dos 60 dias com intervalo de uma para outra de 30 dias, com reforço anual . A vacina antirrábica deve ser dada a partir dos 4 meses de vida com reforço anual.

Proporcione saúde e bem estar a quem você ama e depende de você para ser saudável e feliz, tomando essas medidas simples e indispensáveis.


QUANDO HÁ BEBÊ NOVO CHEGANDO EM CASA

Quando nascer o nenê, antes dele vir para casa com os pais, o dono deve trazer da maternidade uma mantinha com o cheiro do bebê e mostrar para o cão que é uma coisa boa, deixe o cão cheirar e brincar com a manta, deixe ele se acostumar com o cheiro para quando o nenê chegar não ser um estranho, e nunca reprima o cão perto do nenê, eles ainda serão grandes amigos.


QUANDO DAR CÁLCIO AO CÃO

Em geral, o cão não precisa ter a alimentação complementada por cálcio e outros suplementos caso esteja sendo alimentado com uma boa ração. Porém, se a comida for caseira ou se o animal estiver se recuperando de uma doença, uma suplementação com cálcio é adequada. Sinais de dificuldade de absorção dos nutrientes, como cotovelos para fora, "achinelamento" das patas e dificuldades locomotoras, sugerem suplementação. Tanto a falta como o excesso de cálcio são prejudiciais ao cão. Consulte sempre seu veterinário.


POR QUE SEU ANIMAL DEVE SER VACINADO POR UM MÉDICO VETERINÁRIO ?

1) Somente o médico veterinário está capacitado para planejar o programa de vacinação adequado a cada animal;

2) Ele realiza um exame clínico completo antes da vacinação;

3) Não vacina animais doentes ou debilitados;

4) Recomenda, quando necessário, um programa de vermifugação adequado;

5) Utiliza seringas de boa qualidade e boa procedência, conservadas de modo correto;

6) Não prescreve ou utiliza medicamentos que possam interferir com a vacinação;

7) Utiliza seringas e agulhas estéreis e boas técnicas de assepsia, evitando contaminações;

8) Conhece as vias corretas de aplicação;

9) Emite atestados de vacinação com valor legal, para viagens ao exterior ou se o seu animal morder pessoas ou outros animais;

10) Somente o médico veterinário pode garantir o bom resultado da vacinação.


MUITO CUIDADO COM VENENO

Uma das grandes ameaças ao cão de guarda, é o veneno. Para tanto, torna-se necessário, através de procedimentos simples, adestrá-lo de modo a não aceitar tal tipo de coisa. Existem diversas atitudes que podem ser evitadas para que se amenize ou até elimine essa possibilidade. Eis abaixo algumas delas:

1) Jamais jogar comida no chão para o cachorro, acostumando o mesmo a pegá-la nesses locais. Se quiser agradá-lo, ou coloque a comida no seu recipiente adequado ou dê com as mãos;

2) É interessante que se adquiram aqueles recipientes que vão subindo a altura em relação ao solo conforme o crescimento do animal. Isso fará com que ele acostume-se a comer somente a determinados níveis de altura;

3) Acostume o animal a se alimentar em horários pré-estabelecidos, não fazendo de modo algum sua alimentação em horários aleatórios, dando preferência para os períodos diurnos;

4) Convide um amigo para jogar comida para o cão, isso depois de determinado período, e cada vez que o cão tentar pegar a comida dada pelo amigo, "castigue-o" com um "tranco" de enforcadeira. Em seguida, faça o correto, dando comida ao animal, e o agrade. Quando ele acertar em relação a rejeição, agrade-o, afagando o mesmo, conversando com ele em tom de incentivo e dando comida ao mesmo no local previsto.


FILHOTE CHORÃO NA HORA DE DORMIR

Não dá para agüentar um filhotinho chorando a noite toda! Uma coisa que pode resolver a situação é colocar próximo ao filhote um despertador bem velho e barulhento, daqueles que não deixam ninguém dormir... TIC TAC... TIC TAC... TIC TAC... Há boas chances do filhote parar de chorar...


CUIDADOS COM O SEU BICHINHO

Na hora de escolher um animal de estimação, é importante pensar bem que bicho mais combina com você. E, principalmente, se você tem tempo e disposição para cuidar bem dele. No dia-a-dia é que a gente garante a saúde dos nossos amigos bichos. Preste atenção nestas dicas para ele viver feliz e saudável:

1) Compre seu bichinho numa loja ou criador confiável para diminuir o risco de comprar um animal doente;

2) Leve-o ao veterinário para saber dos cuidados específicos que a espécie exige. Cães e gatos, por exemplo, precisam ser vacinados;

3) Bicho precisa de espaço para se exercitar e viver saudável. Um pastor alemão não vai ser feliz em apartamento, mesmo que o dono o leve para passear várias vezes por dia. Gatos vivem bem em espaços pequenos, mas precisam de um cantinho para tomar sol algumas horas por dia;

4) Estabeleça um horário para as refeições;

5) Cuidado para não dar comida estragada ou que tenha ficado fora da geladeira;

6) O saco de ração deve ficar em local alto, ventilado e seco, para não ser contaminado por fungos;

7) No caso de cães e gatos, retirar a tigela de comida 15 a 20 minutos depois de servir e lavar bem, para evitar que atraia ratos, moscas e baratas;

8) Troque sempre a água do seu bicho;

9) Casinhas devem ser limpas todos os dias. No caso dos peixes, trocar 1/3 da água do aquário a cada 15 dias;

10) Recolha fezes de gatos e cachorros e lave o local com desinfetante;

11) Cachorros devem tomar banho pelo menos uma vez por semana. Gatos não precisam de tanto banho, mas devem ser escovados sempre para tirar a sujeira do pêlo.

 

+ DICAS

 

Dog Center    |   Serviços & Produtos    |  Localização   |    Fale Conosco
 
 
 
iSOFTY TEC